quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Senhora!

                Escrevo para você  que vi o medo na falta de suas palavras hoje, vi a falta de esperança em teus olhos,  vi que não queria mais lutar só queria ir pra casa e ficar em paz, a senhora pedia socorro com o olhar.  Eu peço perdão, por não ter lhe pegado nos braços te apertado com amor e levado para onde quisesse ir, sei que essa doença tem roubado teus dias, e eu gostaria de poder devolver cada um deles mas não posso! Seja forte minha querida, queira viver, queira estar aqui amanhã, vamos pegar de volta todos os dias que ela te roubou? A senhora é importante, é amada, nós queremos que vença essa batalha!  Não trocamos nem uma palavra, mas meu coração e minha alma choraram por você, teus olhos me doeram da cabeça ate as pontas dos pés!
                                                                             
                                                                                             Com amor...    Angelina Dias
Mergulhei no abismo de teus olhos de mar e encontrei até girassóis.
Eu viveria ali no fundo de teu mar
eu morreria ali, no fundo de teu mar!

                                     Angelina Dias
 

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Ama-se pelo tom da voz ao dizer seu nome.
Ama-se pela paciência quando seu dia está ruim.
  Ama-se pelo cheiro da respiração.
  Ama-se pelo abraço demorado..
   Ama-se por acompanhar ao cinema, mesmo quando o filme não faz seu tipo.
  Ama-se pelo cafuné nos dias de insônia.
     Ama- se ao dividir a batata frita.
        Ama-se ao perdoar os erros.
         Ama-se ao emprestar o casaco, mesmo quando se está com frio.
          Ama-se pelo cheiro no cangote.
            Ama-se pelo beijo macio.
              Ama-se quando não se desiste do outro.                                                                                      Ama-se por ter ficado quando todos já se foram.
                                                                                                                                                                                                                                                           Angelina Dias
Te amei quando te vi
quando ficou
amei ate quando se foi!
                                Angelina Dias

terça-feira, 6 de junho de 2017

A liberdade de Luisa morava nas palavras! Limitou-se a vida inteira a ser o que queriam que ela fosse.Luisa nunca foi o que nasceu para ser!
                                                                                      Angelina Dias
  


terça-feira, 11 de outubro de 2016

Me apareceu feito sol,em meio a uma tempestade que prometia não restar pétala sobre pétala. Angelina Dias

domingo, 29 de maio de 2016


- Do que sinto não sei dizer, estou quase sempre perdida em meio a olhares , beijos e sentimentos bagunçados. Mas meu caro, tão verdadeiros!

Angelina